Subverteu (com Igor Marques)

Alguém me disse que duas pessoas devem se encontrar pelo menos duas vezes na vida. Os nossos (des)encontros passaram disso. Não foram duas vezes, nem o dobro, não. Foram meio infinitos, sabe? Perdi a conta. E não foi só isso que eu perdi. Não sei se você me levou contigo ou se ficou demais em mim. 

Isso de se esquecer no outro nos faz lembrar do que já fomos. Antes do laço apertar, virar nó e entalar na garganta. Quando nós ainda significava eu e você e não o que restou da gente. O sentimento minguou no peito. Apertou e sufocou de uma só vez. Soprei o seu nome e fechei os olhos, mas você não aparecia. Já não lembro do seu cheiro, o seu sorriso torto já não é mais tão descaradamente belo. Não me comove mais. O seu olhar profundo fica cada vez mais distante, embaçando aos poucos. O seu ego já não me torna seu, já faz tempo que não somos um do outro.

Sobre tempo: espero que ele cure todas as feridas como dizem. A minha ainda está aberta e arde. Talvez eu me canse de te esperar pra sempre. Talvez eu me mude pro mar, ou pro céu. Quero morar em uma estrela. Vou desabitar o nosso mundo. Queimar o seu travesseiro. Olhar para lugares inalcançáveis.Com a sua partida, eu sou um recomeço.  

5 comentários:

disse...

Olha... tá difícil chorar e escrever ao mesmo tempo! Gostei MUITO desse texto, moça, achei simplesmente muito-eu-mesma...
Cheguei aqui meio por acaso e me fez muito bem ler justo isso! =]

Vanessa disse...

Dói muito mesmo e nos perdemos nessa dor, nessa falta.
Talvez seja um novo recomeço sim, mas será que não haverá outro reencontro? Talvez sim...

Vanessa disse...

Como já sabes, amo vir aqui e te ler! O blog é incrível e além do cheiro de estrelas, tem também um cheirinho delicadamente doce!

Beijos, Bê.

Gurias Arretadas disse...

É bem triste constatar o fim de um amor. Triste mesmo. O reconfortante é saber que todo o fim abre espaço para um recomeço. E ama-se de novo, tanto ou mais que antes.

Um abraço,
Erica Ferro

Maria Midlej disse...

Enxerguei meu Igu aí. :~ Bem a cara dele. Lindeza, lindeza. Ele é o tipo de pessoa inspiradora, pra mim. Fiquei feliz de ver a escrita dos dois juntos.

Um beijo.