Let me be.

Já faz um tempo que pouca coisa me causa um reboliço por dentro. Um tempo que eu não escrevo e evito ler constantemente. Que me marquem profundamente sem sair correndo depois. Já faz um tempo de tanta coisa, sabe? As palavras são essas: tempo e distância. Elas melhoram um bocado.

Não estou muito certa se consigo continuar além dessas três linhas. Tem que ser verdadeira, a escrita. Nada forçado. Na vida também é assim. Então.. let it be. Let me be.

6 comentários:

Vanessa disse...

As grandes emoções irão voltar, Brenda querida. Assim como a vontade de ler e escrever. Mas viva teu momento sim! Como somos gente, "de verdade", temos disso e muito mais! Quando voltar, também voltaremos para "te ler" :)

Beijos

deia.s disse...

Faço minhas as palavras da Vanessa aqui em cima, as coisas vão voltar, pode ser que demore, pode ser que não...

"quando voltar, também voltaremos para 'te ler'" :)

http://amar-go.blogspot.com/

Felipe Braga disse...

"A primavera é inexorável!"

Mariana Andrade disse...

que a gente seja no tempo certo, sem aquela pressa que vem querendo nos arrastar e acaba deixando feridas abertas. melhor a gente sarar. cair, curar e crescer. sempre.

Mariana Andrade disse...

que a gente seja no tempo certo, sem aquela pressa que vem querendo nos arrastar e acaba deixando feridas abertas. melhor a gente sarar. cair, curar e crescer. sempre.

disse...

Já faz um tempo que não sai muita coisa dentro de mim também, sentimento não pode ser forçado, tem que ser aberto. Aberto pra tudo.

Beijos.