Apesar de.

Greve na universidade é coisa boba, sabe? Você só fica algumas semanas mofando em casa. Lê, escreve quando tem motivo ou inspiração, assiste todo o estoque de filmes antigos da sua casa e volta a ter uma vida virtual, ao invés de social. Periga só o semestre ser cancelado, mas isso só é preocupação pra quando ela acabar.

Pior é a greve no amor que foi deflagrada quando eu nasci e não tem previsão de término. Uma barra. Vocês podem dizer que estou sendo a little bit exagerada ou melodramática, mas eu chamaria de ser realista. É verdade, dói fino bem no fundo, mas a gente aceita pra não ficar alimentando ilusão - que é coisa bem pior, convenhamos.

Então você espera, mas esperar cansa tanto, mon amour. E eu já cansei de estar cansada, vê? Mas que se há de fazer? É preciso continuar, apesar de. Só nos resta a vida inteira. E é esse apesar que tanto pesa em mim.