Te dedilho.

Esses seus olhos carregam uma melodia que encanta, é intensa e cheia de vida. Espanta quem não entende de poesia-em-forma-de-gente. A cada balanço o seu andar deixa cair um punhado de notas improvisadas. Elas só são audíveis aos que estão atentos a ti. E, veja bem, eu sempre estive e escuto música em cada palavra dita por ti, batidas envolventes em cada risada espontânea. Bonito de se ver. Suave de se ouvir. 

Você deve ser agraciado com um dom ímpar. Isso de cativar pessoas com sorrisos é uma coisa que eu ouso chamar de incrível. Deveras inacreditável. Penso que a culpa é desse coeur de musicien - em francês, mesmo que é mais bonito - que ora bate no ritmo, ora fora dele. E o descompasso das batidas atinge o lado de cá. Se doer em você, dói em mim. Se te trouxer felicidade, também traz a mim. É tudo nessa sincronia, percebe? Deixa estar que eu te cuido, viu? Te abraço com os olhos, te quero um bem danado.

Vai vivendo, caindo nos poços sujos e cheios de limo, levantando, superando, continua o teu caminho, mas não deixa morrer a música que existe em você, boy. Carrega sempre o violão no ombro, toca Los Hermanos e Chico Buarque quando a vida estiver cinza. Canta bem alto. Se quiser pode ligar que eu cantarolo no meu melhor tom desafinado contigo.

Para o Victor, que tem música na alma.

8 comentários:

Victor Brasileiro disse...

Em tão pouco tempo, acho incrível o quanto vc já me conhece. No meu íntimo, até nas minhas caras e bocas.Vc consegue transformar tudo em poesia.Consegue ler as partituras mais estranhas que surgem no meu olhar, e me olha de volta e diz: vem cá, vamos afinar essa nota troncha.Vc tem sido a minha maestrina nesses últimos tempos.. e sinto que daqui pra frente sem a sua regência a minha orquestra desanda.

13 de abril de 2011 23:57

Fernand's disse...

canta chico quando estiver colorido tbm!

:D

Suzi Lima disse...

^_____^ Nem conheço o Victor,mas, achei fofo o que fez para ele. espero que ele tenha lido.

/o/ Seguindo
[Que layout simpático! *.*]

Jaci Macedo disse...

Cantar para ser feliz, para espantar qualquer outro sentimento que queira impedir nossa vontade de continuar o caminho. E manter a fé e tudo o que há de bom, mesmo desafinado.

beijos, coração.

deia.s disse...

Pode cantar, pode tocar Los Hermanos aos montes!
Adorável teu blog, seguindo.
Se puder passa no meu e segue também:

http://amar-go.blogspot.com/

Desde já agradeço. :)

Maria Fernanda Probst disse...

Eu li e lembrei de um nome.

Tão bom ter gente assim no mundo, né não?

Beijo cheio de doçura ;*

Andréa Kopper disse...

Lindoo.. Quando lemos, realmente, lembramos de alguém. Parabéns!!

Andréa Kopper disse...

não da pra esquecer alguém que nao sai do coração.. lindo seu texto! parabéns!!!

http://andreakopper.blogspot.com