Quel life!

Não adianta, eu tenho plena convicção de. Não adianta chorar, gritar, espernear, soluçar. Tudo que você fizer não irá adiantar. Nada do que você fizer irá adiantar. A vida é fria, sem coração e será sempre cruel, não importa o que você cultive por dentro. Se amor ou ódio, não faz diferença. Como se fosse uma maldade-divertida, ela pinga ácido na ferida recente e escancarada. Dói. Arde. Agoniza.

E, só pra melhorar: Não há o que fazer, pois somos reféns do querer do destino.

6 comentários:

Mariana Andrade. disse...

doeu em mim.

gabs. disse...

o jeito é aguentar, mas ó a parte bonita: vai passar (:

Radar disse...

Deus.

Marie Raya disse...

Me lembrou Clarice Lispector. Como é bom ler palavras bem escritas. Adoro seus posts :*

Bruna M, disse...

também doeu em mim, mas vai passar e logo em seguida vai abrir a ferida novamente, e sempre será assim...

Bruna M, disse...
Este comentário foi removido pelo autor.