Luz do luar

Lua que clareia a noite escura

Traz pra mim essa tua luz

E me ensina como seduz

Um pobre coração, cheio de amargura


Luz do luar, traz cá pra baixo

esse teu brilho encantador

e empresta-me um pouco

para eu também brilhar?


Quero um último desejo

se você puder me conceder

Peça às estrelas

para aqui descer?


Diga que elas tragam o seu cheiro

Para a todos embriagar

Com cheiro de estrelas

é que eu quero amar.

6 comentários:

Marcelo Mayer disse...

peça que a lua seja tb a única testemunha

Charlie B. disse...

Com cheiro de estrelas, de céu, de noite, tudo isso me lembra que eu preciso de alguém do meu lado, alguém que seja real, saudades sinto. Beijo,

Charlie B.

disse...

A lua fica fugindo de mim, essa danada

Tays Esquivel disse...

Às vezes eu queria ter a luz que a lua te dá, pra poder escrever com tanta beleza e sentimento...

Luciana Brito disse...

Com o cheiro das estrelas e a luz do luar, a pintura fica completa e linda para a gente poder amar.

Ficou tão doce esse teu poema, Bê.
Lindo.

Beijo. ^^

Vitória Kubitz disse...

que coisa mais linda *-*
vou voltar aqui mais vezes,com certeza.
(: