Quando percebi, fui hipnotizada.

Situações como a que aconteceu essa tarde, parecem ter dia e hora marcada para acontecer. O dia: Aquele no qual o seu humor está péssimo, junto com o seu cabelo, as suas roupas, e a sua não-maquiagem. A hora: Na qual você estiver mais desprevenida, possível. Cansada, de tanto entrar e sair de lojas. Com metade de um Big-sorvete, por terminar e um óculos quebrado na mão.

Essa era eu, quando entrei naquela loja. Logo que entrei, realizei - toda a população feminina estava ali, comprando e vendendo sapatos. E, desatenta, como sempre estou, não percebi que havia alguém a me olhar. Só quando me esbarrei nele, que notei. Dois segundos levaram, para eu ficar hipnotizada. O moço me deu o Boa Tarde mais educado e lindo, que eu já tinha recebido. Que veio acompanhado de um sorriso, que eu juro, podia me fazer sentir bem. Estranhamente completa, eu diria. Não consegui retribuir a educação, gaguejei. E, trocamos alguns olhares. Coisa mútua inesperada essa, que me surpreendeu, confesso.

Existia, aquele moço lindo? Ou, seria, coisa da imaginação fértil - que me pertence? Mas, imaginação não vem com doses de hipnose, deveras. Seu porte atlético, tão mais alto que o meu, era bonito de se admirar. Os cabelos estavam levemente emaranhados, dum jeito irresistível. E, me chamou a atenção que tínhamos em comum, o alargador. Meus pensamentos já tinham ido muito longe, daquele lugar. O que me trouxe de volta, foi quando ouvi uma das vendedoras gritando "Igor, blablablá.." Não prestei atenção em mais nada, além do nome dele.

Eu podia ficar ali, o dia todo, olhando para ele. Ia me sentir plena. Feliz, de ter aquele sorriso pra mim. Mas, não podia. Era apenas mais um desses encontros ao acaso, que nunca voltam a acontecer.

4 comentários:

Tania Girl disse...

Perfeito!!
Não sei nem o que dizer, só sei que amei.
Seu blog é lindo!!!
feliz natal!!
bjus

disse...

Igor, ein?
CARA, nao fica igual a mim, te peço, porque dói pra caramba.. hahaha

Mariana Andrade. disse...

quem disse que não volta mais?
bom.. mas se não voltar, acasos devem ser bons, ás vezes.
e ficam guardados.

lindo, bê;

Luciana disse...

Caramba!
Imaginei a cena kkkkkkk
Mas, quem disse que não pode voltar mais?

A loja não vai sair andando por aí e ele também não vai sumir de lá 'do nada'.
xD

Beijoo!